segunda-feira, 26 de novembro de 2012

O Homem Perfeito


O homem imperfeito acorda em sua cama macia, quente e imperfeita, deita os olhos na direcção das cortinas brancas, finas e imperfeitas, acaricia por instantes a luz solar difusa, magnificamente imperfeita e se prepara para dar o seu beijo amoroso, carinhoso, cheio de vida em sua esposa bela, forte, deliciosamente imperfeita.



Daí o dia, imperfeito, nasce através dos actos cotidianos e repetidos com a dedicação imperfeita de quem os repete. O carro, o engarrafamento, um prenuncio de chuva paulista, a marginal, a outra marginal, um marginal no semáforo, tudo irremediavelmente imperfeito!
Trabalha, almoça, ouve os sons imperfeitos dos outros imperfeitos seres que habitam o imperfeito planeta situado no imperfeito universo, criado por um ser imperfeito em caos e desordem.




Volta ao lar, imperfeitamente em ordem, seus filhos, seus amores, suas decisões, tudo compreensivelmente imperfeito… mas ele, o homem imperfeito, é antes de tudo um ser de inteligência, embora imperfeita, e sabe que a sua vida, a vida dos seus filhos, a vida de sua esposa, a vida de seus vizinhos, dos vizinhos dos vizinhos, dos outros seres da cidade, dos seres de outros países, de outros planetas, tem em comum a imperfeição e tal semelhança os faz serem perfeitamente aceitáveis!
Aceitar as diferenças é deixar de fazer juízos inúteis de valor e quantidade, é poder ser livre para amar a vida, mesmo imperfeita, e aos outros, mesmo imperfeitos e com isso atingir a perfeita harmonia.


O que devemos saber é: a perfeição habita o caos.

(anotação feita durante período de conferência de Psicoterapia e Métodos Clínicos de Aceitação de Circunstâncias psicológicas para melhor Condição de Vida – Montes Claros – Minas Gerais - 2012)


Boa

Semana, meus amigos!



31 comentários:

  1. C.C.

    que bacana a sua postagem! gostei do texto. precisas trazer mais de suas anotações, são bem legais.

    o homem imperfeito se aperfeiçoa a medida que se assume imperfeito. ótimo.

    beijo.

    ResponderEliminar
  2. é assim que é, Betinora!

    Fico grato que tenhas gostado. É uma vitória pessoal ver gente como tu agradada.

    E o teu poema no Mnemosine, meneninha? que versos...

    um beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Um texto exelente. Acho que a imperfeição torna as coisas mais perfeitas. :-)

    "O que devemos saber é: a perfeição habita o caos.". O máximo.

    Beijos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tânia, companheira de luta pela saúde mental de nossa espécie humana...

      Obrigado por aparecer por aqui, fizeste bem! Com mais tempo vou comentar a vossa poesia, já lida por mim e tida como entre a erótica e a macia pele de uma bela fera.

      um beijinho.

      Eliminar
  4. Parabéns!

    O HOMEM IMPERFEITO

    O homem imperfeito acorda, com o braço com que escreve ausente. Sente a sua falta, não sabe como o substituir. Dá por si a dar cabeçadas na cabeceira da cama, aproveita para dizer palavrões! Pensa "Espero que ninguém saiba Morse", mesmo parecendo exprimir um receio, continua – como se fosse criança e estivesse no recreio – a dar cabeçadas.
    FC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Francisco,

      tu não te cansas de me agradar???

      És um grande escritor e dá-me tanto, sempre com a vossa inspiração, que acabo tendo que lhe dar post's inteiros!

      Ri da cabeça na parede e dos vizinhos a tentar decifrar o palavrório do palavrão... hehehe

      Excelente texto!

      Abraço.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Como apareceu um comentário, repetindo o anterior, num dia em que não vim à Net? CC, esta pergunta é pró Divino Espírito Santo! Abraço

      Eliminar
    4. Mistérios da virgem! Ouuuuuu
      arte da devassa My Preciuzzzzz hahahahahahahha
      perdão! Não resisti ao tentador delírio de por uma virgem e uma devassa na mesma frase...

      Agora falando sério, troque a sua senha, amigo. Quando tais mistérios acontecem é sinal de conta invadida.

      Abraço.

      Eliminar
    5. Já mudei! Virgem e devassa, precioso delírio. Abraço.

      Eliminar
    6. Fizeste bem!
      Estivessemos nós em um Pub da serra paulista eu ia lhe dizer uma bobagem sobre as virgens e as devassas, mas estando em público, reservo-me a dizer: abraço, amigo. Rsrs

      Eliminar
  5. Que perfeição de imperfeição ou imperfeição de perfeição!!

    Que possível!
    Que bonitoooooooooooo :)

    beijoss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bonita, tu guria!!!

      Não me esqueci de ti, vou ao seu espaço, certo?
      Já sei que o vosso álbum de invisibilidades é um sucesso!
      Aliás, que grande ideia a sua!

      beijinho

      Eliminar
  6. Perfeito! Uma verdadeira cartilha de sobrevivência!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Moça, perfeito é que tu tenhas voltado a ler na Toca,
      fico feliz!

      Vou ao vosso espaço, sim?

      Minha filha gostou muito de lá.

      um beijinho.

      Eliminar
  7. Papi,
    aos meus olhos você é perfeito.
    Outro dia perguntei a mamy como ela fez para te "achar". Fico com medo de nunca conhecer um homem que possa me transmitir toda a segurança e confiança que você transmite, além do afeto e da sua atenção incondicional. Sei até o que você vai falar: Vai me Psicanalisar... rs dizer que tenho complexo de alguma coisa grega ou romana, e vai me dizer que tenho que seguir com as minhas pernas e os meus sentimentos. Eu já sei, mas que é difícil ser sua filha, isso é, pois não há homens de família iguais a você. Como é que eu vou fazer? Quem vai ser capaz de ficar ao meu lado e não manchar a imagem de masculino que eu tenho. (agora você vai ligar para a Doutora Sheila e dizer que eu preciso aumentar minhas idas a terapia.. hahahahahah)Tá vendo? Eu também leio os seus artigos, que acho já era hora de você trazer para os nossos amigos lerem.
    Papi,

    eu te amo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha joia,

      vou lhe dar uns conselhos PÚBLICOS, já que a senhorita fez vossa declaração de forma pública:
      1- nunca se exponha em público! Vossos sentimentos, ideologias e aspirações são conceitos de foro íntimo e a publicidade de tais questões pode lhe evidenciar de forma a formarem um conceito precipitado a vosso respeito;
      2- Não procure um homem, não procure ninguém, procure a si mesma, conheça-se, estruture-se e então, atrairás o que for para si;
      3- Não idealize ninguém, aceite as limitações;
      4- Nunca aceite conviver com falhas de caráter pois elas não são limitações e sim, desvios de comportamento que podem afetar a quem com elas convive, causando danos irreparáveis;
      5- Seja exigente com os seus parceiros-parceiras. INFIDELIDADE, MENTIRA, MANIPULAÇÃO DE VONTADES, VÍCIOS, ABANDONO DE FILHOS, EXCESSIVAS EX MULHERES, NENHUMA CICATRIZ EMOCIONAL, são alertas de perigo! Homens assim vão te fazer sofrer, são egoístas, presunçosos, egocentricos, prepotentes e inseguros quanto a masculinidade, por tanto, não servem para si;
      6- desconfie de homem que nunca casou; desconfie de um que descasou várias vezes, ignore os que ignoram os filhos e tenha repulsa pelos que são filhos ausentes. São coisas muito graves e que assinalam problemas de origem comportamental e mental;
      7- Saiba primeiro o que você quer, depois saiba o que quer nos outros;
      8-Estude, seja independente, namore, prove, arrisque, mas nunca se perca dos seus objectivos;
      9- Se tudo der errado, conte com os seus pais, a sua família e os seus amigos.
      10- Preserve os amigos, eles são os amores que duram para sempre!

      te amo, praguinha faladeira.

      Eliminar
  8. Clark

    você é muito engraçado. Achei bem divertido o seu texto.

    Uma curiosidade que eu tenho, você já escreveu coisas mais sérias, tipo ficção com cenas de sentimentos e alguma coisa que não tenha ironia?
    Minha professora pediu que eu te perguntasse, estamos curiosas.

    beiju.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Lois,
      Cara colega de redacção, eu sempre escrevo coisas sérias. Muitas vezes a brincar, a rir, com ironia, sim. Com tudo/contudo já alguém se exprimiu no sentido de dizer ser a brincadeira a coisa mais séria na nossa vida, acredita? Eu acredito em quem diz: – Tudo é relativo.
      A relatividade, enquanto conceito da Física, teve em Einstein um teorizador inspirado. Permite questionar – a – Tempo, o Espaço; tudo é determinado pela energia de que um corpo se encontra animado, estás animada?
      Energia potencial. Até em repouso a temos, e mesmo sem vida. Isto não me tranquiliza, mas, pensando bem, até me anima! ;)
      Foi só para te responder, agradecendo a curiosidade e o interesse. Quanto à tua professora, bem haja por também mostrar interesse, mais ainda por o partilhar com uma aluna. Parece-me denotar uma riqueza na relação, a qual só deve beneficiar a própria relação pedagógica.
      Tudo começa e se desenvolve através da curiosidade, acaba no começo (cu), continua no meio (rio), acaba em… (si?) idade? A importância do tempo é determinante para a perspectiva, é ele que nos coloca perante uma situação. Se tivesse mais tempo, poderia dizer-te mais?
      Já escrevi um romance, não fiquei com vontade de escrever outro. Escrevi-o dando azo e asas à prosa, agora, «ficção com cenas de sentimentos» penso que, mesmo em textos curtos, podes e deves conseguir expressar sentimentos. Teu pai é um Ás, não admira, não tendo a menina degenerado, sejas sensível e sentimental. Há o ser, o parecer, as situações…
      Calma, não penso sejas uma sentimental. Um bom texto é aquele que nos deixa em suspense, agora sus_pendo-me… Pendo para a despedida, começo um adeus. Sem deus? Com…

      COM O COMO…
      "o perfil do tempo" de
      José Augusto Seabra

      com o perfil do tempo
      mostra como as palavras
      renascem sempre sem fim
      no movimento de hélice

      duma espiral infinita
      onde se acredita existam
      para acordar trazendo
      da noz duma voz aberta
      o fruto de uma língua
      escrita com o som total

      renascido das cinzas
      onde repousa sua poeira
      nas estrelas do canto
      como encantamento puro

      Sem a configuração desejada, não consigo mostrar como, neste poema, tentei mostrar ser o poema um desenvolvimento duma ideia, com a qual me envolvo desde o título: COM O COMO… Nele, no título, tenta ver/ler COM O a negrito, para descobrires, no último verso do poema o "como" a negrito. Deste modo, imagino um trânsito/viagem do título até ao último verso, deixando-o terminar em "encantamento puro".
      Tudo o que é importante, tem sentimento. Quanto à emoção, é o sal, o tempero mais essencial. O sentimento, esse/este, é um grande cozinhado!
      Beijus

      Eliminar
    2. Coelho,
      Você não sai da cartola? :)
      A_guardamos...
      A_braços, um abraço!!

      Eliminar
  9. Tânia e Betinora, beijuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

    ResponderEliminar
  10. Respostas
    1. Quem bom, Fred Caju! Pelos vistos a Toca ganhou um bom leitor, obrigado por aqui ficar.

      Abraços.

      Eliminar
  11. Se tudo fosse perfeito não seria belo. O belo está justamente entre a perfeição e a imperfeição. Meu beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JFS,

      exacramente!


      Recebo vosso beijinho e dou o meu a si: beijinho.

      Eliminar
  12. Perfeito!
    A sabedoria de saborear a vida apesar e até por suas imperfeições.

    Beijos e grata pela visita ao PALAVRA DE MULHER.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anna
      grato estou eu com a vossa presença!
      Um beijinho.

      Eliminar
  13. Dona Coelha, digo, Coelho da Dona Déborah, vim aqui pra te dizer que sou meio lenta pra certas coisas, só respondi tuas perguntas hoje, lá no Mnemosine.

    Li esta crônica deliciosamente perfeita e fiquei refletindo no quanto somos falíveis, na capacidade infinita de errar que temos e que nos é dada.

    Penso muito nisso sabe? Muito da nossa baixa estima, que cisma em aparecer onde não devia, vem desse mito de perfeição, que sempre existiu, de um modo ou de outro.

    Era isso, grande beijo!

    ResponderEliminar